Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Conflitos entre irmãos nas empresas familiares

Publicado por:
23 ago

7.0estagio trainee

Grande parte das empresas tem origem familiar e muitas vezes a relação família/ profissional não está bem resolvida. É comum conflitos de origem pessoal interferirem na relação profissional, e quando isso envolve irmãos, o cuidado deve ser redobrado. Mas o que pode causar esses conflitos?

Em qualquer empresa, posturas e formas diferentes de encarar o trabalho, responsabilidades pouco definidas e disputas por espaço e reconhecimento são algumas das fontes de conflito nas equipes. Isso não seria diferente nas empresas familiares, especialmente entre irmãos. Esse aspecto pode ser agravado pela relação familiar que acontece fora da empresa, com situações mal resolvidas, e que podem impactar diretamente no desempenho da organização.

Por isso, é importante ter cuidado no relacionamento profissional x familiar. Trabalhar bem os acordos, as responsabilidades e os conflitos não resolvidos é fundamental. Focar na atuação de cada um dentro da empresa é outra forma de regular os conflitos.

Para irmãos, é importante pensar que a forma de conduzir qualquer situação deve ser a mesma de quem está lidando com um executivo que não é da família. O respeito e a forma de dizer também são importantes. O foco deve ser no que é melhor para a empresa.

E se o pai é o “chefe” da organização, ele precisa ter postura de gestor, considerando as diretrizes para o negócio na hora de acompanhar e cobrar. Nada de dar privilégios aos filhos ou beneficiar um filho especifico. É importante, ainda, ter um fórum específico de suporte aos gestores familiares para tratar pontos relevantes para os sócios, herdeiros e sucessores.

Comentários

Deixe o seu comentário