Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Como agir quando há um sentimento de ociosidade?

Publicado por:
11 fev

03.4

Muito embora, a redução de equipes possa gerar para alguns negócios, uma sobrecarga para os profissionais, há casos em que o sentimento de ociosidade pode ser comum, sobretudo em épocas de crise, quando algumas empresas sofrem com a redução das demandas e os empregados ficam mais tempo sem uma ocupação. Estar com tempo de trabalho ocioso, muitas vezes, gera um sentimento de desmotivação no profissional que acomete, além do seu desempenho, o rendimento da organização.

Nesses casos, algumas atitudes podem ajudar a amenizar a sensação e ainda contribuir com a imagem do profissional. Uma delas é não ficar parado esperando alguma demanda surgir e aproveitar o tempo livre para estudar novas possibilidades de produtos ou serviços. Procurar conhecer mais sobre a empresa, buscando entender melhor outros setores e atividades da organização, pode ser uma foram de se capacitar para outras atividades.

O profissional também deve conversar abertamente com o seu gestor e buscar ajuda. Mas não é só dizer que está se sentindo ocioso, mas mostrar proatividade e interesse em ser útil para a empresa, solicitando novas demandas e formas de contribuir com ela. É essencial, sobretudo nesse momento em que parece haver mais profissionais que demandas, não deixar de ser importante para a organização.

Por outro lado, cabe aos gestores estarem atentos para a queda da motivação ocasionada pela ociosidade nas equipes. É tarefa deles analisar a possibilidade de redistribuição das atividades ou buscar formas de aproveitar o tempo livre para fornecer treinamentos e desenvolver suas equipes, por exemplo.

Comentários

Deixe o seu comentário