Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Retenção de talentos x seleção de oportunidades

Publicado por:
05 nov

8.2JANELA

Já abordamos os resultados do Termômetro ÁgilisRH e vimos como alguns deles são interessantes para orientar os profissionais no direcionamento da sua carreira. Agora, vamos destacar um dos pontos importantes do Termômetro e, mais uma vez, ver o que podemos aprender com ele.

Um aspecto que merece destaque na sondagem é a retenção de talentos. As empresas demonstram uma preocupação cada vez maior quanto ao que devem oferecer para manter os bons profissionais em seus quadros. Remuneração justa, oportunidades de crescimento e desenvolvimento, equilíbrio entre vida pessoal e vida profissional são apenas alguns dos pontos mencionados como atrativos. E os jovens profissionais: como lidam com essas ofertas?

Em geral, a porta de acesso ao mercado são os programas de estágio e trainee. Cientes disso, os jovens costumam se inscrever em inúmeros processos seletivos, muitas vezes sem buscar informações sobre o “outro lado”. Ou seja, não procuram saber se o programa tem afinidade com seus projetos pessoais e profissionais, se os valores da organização são compatíveis com os seus e se eles se identificam com a cultura organizacional.

Como, em programas de trainee, a remuneração inicial costuma ser bastante atraente, muitos jovens tendem a ignorar esses aspectos e abraçar a primeira oportunidade que aparece. É aí que mora o perigo: uma boa remuneração inicial não é garantia de uma boa posição no futuro. É preciso avaliar se a empresa oferece orientação, passos para a estruturação da carreira, disposição para formar efetivamente seus profissionais e o necessário acompanhamento.

Portanto, avalie os atrativos e benefícios sob uma visão de longo prazo. Em geral, programas de estágio e trainee são muito positivos, pois preparam o profissional para o mercado e para uma atuação profissional consistente, mas é preciso analisar as propostas sob a ótica do seu plano de carreira. Não caia na armadilha da busca sem critérios, nem fique “pulando” de programa em programa. As empresas têm se empenhado bastante na atração e retenção de talentos, e, claro, há sempre uma compatível com aquilo que você planejou para seu futuro. Vale a pena analisar.

Comentários

Deixe o seu comentário