Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

O papel do líder na gestão de pessoas

Publicado por:
13 ago

7.5trainees

Administrar os conflitos do dia a dia, comunicar decisões, desenvolver, engajar e motivar suas equipes são responsabilidades do gestor. Porém, muitos líderes ainda transferem as tarefas relacionadas à gestão de pessoas para a área de Recursos Humanos, principalmente aquelas tidas como mais incômodas ou difíceis de lidar.

É muito comum nos depararmos com a ideia de que a gestão de pessoas é uma responsabilidade exclusiva do RH. No entanto, os principais responsáveis por cuidar do capital humano de uma empresa são os seus gestores, e esse papel é indelegável. Quando eles transferem essas tarefas, seja porque querem focar na área técnica e nos resultados ou porque têm dificuldade com o tema, acabam expondo suas fragilidades e enfraquecendo sua liderança perante a equipe.

Por isso, é muito importante saber diferenciar os papeis do RH e os do gestor. O RH tem como principal função assessorar, ser o suporte dos líderes no desenvolvimento das equipes, na solução de conflitos e no engajamento com o trabalho. Ou seja, eles entram na história para auxiliar no desafio de lidar com gente, produzir resultados e promover um bom ambiente de trabalho, e não para resolver os problemas de gestão de pessoas no lugar do gestor.

Para que isso aconteça, o RH precisa deixar claro qual é o seu lugar e responsabilidades na empresa e, além disso, incentivar que o líder assuma seu papel na gestão de pessoas. Quando esse trabalho é feito em conjunto, fica mais fácil aprimorar o desenvolvimento dos profissionais e implementar estratégias eficazes para manter os empregados mais motivados e reter os talentos.

Comentários

Deixe o seu comentário