Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

O planejamento como ferramenta de gestão

Publicado por:
11 abr

9.31

A experiência mostra que gestores bem-sucedidos e que se destacam em suas áreas de atuação têm em comum uma característica que chama a atenção: a capacidade de organização. Principalmente diante da realidade atual do mercado, onde as responsabilidades e a carga de trabalho quase sempre são inversamente proporcionais ao tempo disponível para dar conta de tudo, aquele que consegue planejar e cumprir a sua rotina já têm um diferencial estratégico.

Acompanhar as demandas da equipe, promover reuniões de alinhamento, planejar o que precisa ser feito, estabelecer prazos, identificar ferramentas necessárias para entregar os resultados esperados pela empresa, etc. Tudo isso deve fazer parte do dia a dia dos líderes de equipes para que consigam dar conta, com qualidade, das atribuições e responsabilidades de suas áreas.

Porém, são muitos os exemplos de gestores que conseguem definir, planejar e priorizar o que precisa ser feito, mas que ao longo do dia vão se perdendo diante das urgências que invariavelmente aparecem. Por isso, o desafio vai para além do planejamento em si. Passa pela disciplina de entregar o que não pode deixar de ser feito, sem negligenciar os imprevistos.

É claro que existem gestores que não aplicam a máxima da organização no seu dia a dia e que mesmo assim entregam resultados. Mas vale questionar: a que custo? O que percebemos é que a grande maioria deles vive constantemente com o sentimento de que está sobrecarregada e tem pouca paciência e serenidade para lidar com situações difíceis, o que acaba desestruturando suas equipes e abrindo espaço para que os erros aconteçam ainda com mais frequência.

Para evitar esse cenário, não tem segredo. Com planejamento, foco, persistência e disciplina, define-se estratégias mais eficazes, aumentando as chances de se alcançar os objetivos de forma mais rápida e eficiente, além de preservar a saúde de todos, líderes e equipe.

Comentários

Deixe o seu comentário