Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Espaços compartilhados exigem regras de conduta e bom senso

Publicado por:
21 fev

7.0estagio trainee

Nas empresas, os ambientes abertos e integrados, ao invés das tradicionais salas fechadas e setorizadas, são cada vez mais comuns. Essa tendência promete melhorar os resultados, mas para isso aconteça, alguns pactos precisam ser firmados entre as lideranças e as equipes.

O uso de espaços compartilhados nas empresas aumenta a produtividade na medida que a comunicação e troca de ideias entre as pessoas é facilitada. No entanto, apesar das vantagens, esta prática pode trazer, também, vários problemas, a partir do momento em que regras de convivência não são estabelecidas ou respeitadas no dia a dia.

Por isso, ao implantar o conceito de open space, as lideranças precisam estar atentas e promover a pactuação dos acordos que irão estabelecer a ordem nesses ambientes. É importante combinar questões como o volume da voz ao telefone e a utilização ou não da função autofalante; as conversas sobre assuntos que não dizem respeito ao trabalho e que podem desconcentrar o grupo; a organização e limpeza do espaço coletivo; entre outros comportamentos.

É válido, neste caminho, estabelecer espaços de conversa com o grupo que divide o mesmo ambiente para que todos possam expor situações que estejam gerando incômodos, assim como sugerir novas regras para a melhoria da convivência. Todas essas normas estabelecidas precisam ser claras e é papel das lideranças, também, monitorar constantemente para que os acordos sejam cumpridos e relembrar sempre que, compartilhar o espaço com outras pessoas é algo positivo, mas que exige uma dose de bom senso e boas maneiras por parte de todos. Tudo isso em nome de uma melhor produtividade.

Comentários

Deixe o seu comentário