Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

O papel do gestor no engajamento da equipe

Publicado por:
05 jul

10.11

Atualmente, uma das grandes preocupações das empresas é manter a equipe engajada. Algumas acreditam que oferecer um bom salário e um plano de carreira é suficiente para que isso aconteça. Porém, na realidade, conseguir o engajamento do time requer também competência das lideranças em gestão de pessoas.

Quando se tem uma equipe engajada e que “veste a camisa da empresa”, o resultado é o aumento da produtividade e dos ganhos financeiros. Além disso, outro ganho na prática é que, diante de situações de dificuldade, ao contar com profissionais comprometidos, a empresa consegue reverter a situação mais facilmente, devido ao empenho desses profissionais, que sentem orgulho de trabalhar na organização e encontram nela uma missão alinhada aos seus princípios.

E é papel indelegável do gestor fazer essa ponte entre a organização e seus empregados, comunicando de forma eficiente e clara suas políticas e ações, missão e valores. Atuar com uma gestão participativa, abrir espaço para opiniões e críticas, ouvir os medos e não desconsiderar as preocupações da equipe também são ações importantes para promover o engajamento.

Outro ponto importante é o exemplo. Para ter um grupo engajado, o gestor também deve estar motivado e ter atitudes exemplares como reforço. Quando isso acontece, o empregado passa a admirar e construir uma relação mais próxima com a empresa, podendo atuar com maior envolvimento nas tarefas, levando a resultados mais significativos.

Comentários

Deixe o seu comentário