Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Jogos da Copa do Mundo nas empresas

Publicado por:
19 jun

03.121

A cada quatro anos, os brasileiros param para ver a Copa do Mundo. E neste clima de torcida, muitas empresas se organizam para que suas equipes se reúnam e assistam aos jogos que acontecem durante o horário de expediente. Mas, muito embora seja um momento de descontração, alguns cuidados devem ser tomados e é papel do gestor conduzir esse enquadramento junto aos seus liderados.

Para as empresas, a euforia que cada Copa do Mundo trás se mistura com uma preocupação: o que fazer para que os empregados possam participar deste evento assistindo os jogos da Seleção Canarinho sem prejudicar a produtividade e, ao mesmo tempo, aproveitar esse momento para promover o relacionamento e a integração das equipes? Neste caminho, a atuação do gestor é fundamental.

Sua primeira responsabilidade é, a partir do que for instituído pela direção sobre o funcionamento da empresa durante os jogos que acontecem no horário de expediente, saber comunicar a decisão de liberar ou não a equipe de forma a minimizar insatisfações e prejuízos no processo produtivo. Também é seu papel alinhar previamente com equipe o que pode e o que não pode quando a decisão for de assistir ao jogo na empresa. Apesar de ser um momento de descontração, o ambiente é o do trabalho.

Palavrões, xingamentos, vestimentas inadequadas e qualquer tipo de baderna deve ficar fora do “jogo”. É interessante, também, que os gerentes e RH pensem juntos em ações para a divulgação deste “código de conduta”. E se por acaso alguém sair do enquadramento acordado, cabe ao gestor chamar a atenção deste profissional para que este comportamento não acabe se disseminando entre a equipe.

Por fim e não menos importante: o gestor não pode esquecer de ser um bom exemplo. É claro que são momentos que fazem os ânimos se exaltarem, mas além de torcedor, ele é, sobretudo, um líder que precisa fazer vale o que ficou combinado.

Comentários

Deixe o seu comentário