Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

O risco de não identificar as boas práticas da minha empresa

Publicado por:
13 fev

01.51

É comum encontrarmos profissionais que têm dificuldade de reconhecer as boas iniciativas e práticas das empresas em que trabalham. Eles costumam focar mais naquilo que falta, no que se ressentem ou no que desejam. Esta falta de valorização pode levar ao descontentamento e à busca por outros caminhos, o que pode ser uma decisão equivocada. E o que fazer para evitar que isso aconteça?

Muitas vezes, só quando conhecem a realidade de outras organizações e práticas do mercado é que esses profissionais reconhecem o que a empresa deixada para trás tinha de bom. Existem, inclusive, situações em que essas pessoas acabam se arrependendo e pedindo para voltar. Então, para evitar esse equívoco, é importante ter sempre em mente que desejar não tem limites, e que se a gente não se der conta, ficamos presos ao imaginário e às fantasias, deixando de reconhecer e aproveitar o lado positivo das coisas.

No âmbito do trabalho, é preciso enxergar o que existe de bom nas práticas de gestão, a abertura e a liberdade de comunicação com os superiores, as oportunidades de desenvolvimento, o clima e o ambiente de trabalho, as remunerações indiretas, os benefícios oferecidos, dentre outros aspectos. São ações que muitas vezes acontecem naturalmente e que nem sempre são tão fáceis de identificar.

Portanto, o profissional precisa aprender a perceber e a valorizar as boas práticas da sua empresa, deixando de lado a idealização de outras realidades que podem nem existir. Afinal, já sabemos que a grama do vizinho nem sempre é tão verde quanto parece ser. As dificuldades podem surgir em todas as organizações e, se ao menor sinal de insatisfação, o profissional já pensa em partir para uma outra realidade, sua decisão poderá trazer consequências desagradáveis no futuro.

Comentários

Deixe o seu comentário