Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Planejar para não desperdiçar tempo no trabalho

Publicado por:
21 dez

02.2 (3)

É muito comum ouvirmos profissionais reclamarem que não têm tempo suficiente para dar conta de todas as demandas do trabalho, mas são poucos os que realmente fazem uma autocrítica e avaliam se o problema é realmente o excesso de tarefas ou se não estão fazendo um planejamento adequado para as horas de expediente.
Planejar ainda é uma ação pouco utilizada por grande parte dos profissionais, que no geral preferem partir para a execução, achando que assim estarão ganhando tempo. Porém, na maioria das vezes, o efeito é reverso e o retrabalho quase sempre acontece.

Por outro lado, também é comum encontrarmos aqueles que até dedicam tempo ao planejamento, porém têm pouca disciplina para seguir com o que foi estabelecido, o que coloca por “água abaixo” toda a programação inicialmente pensada e toda a economia de tempo e ganho de produtividade que se teria com o planejamento bem feito. Por isso, é importante perceber que, para aumentar seu nível de produtividade no trabalho sem ter que inventar um dia com mais horas, é essencial ter um plano de ação bem estruturado e, mais importante, colocá-lo em prática.

Neste caminho, separamos algumas dicas valiosas:

• Crie o hábito de, diariamente, estabelecer uma agenda ou cronograma com todos os seus afazeres e prazos a serem cumpridos. Saber identificar sua lista de prioridades é uma habilidade importante. Muitas vezes, é comum que o profissional se concentre em tarefas que não eram tão necessárias quanto outras para aquele dia;

• Depois de listar as tarefas por prioridade, risque-as da lista conforme forem sendo realizadas: isso te dará um senso de dever cumprido, e irá motivá-lo a continuar eliminando demandas;

• Evite abrir muitas frentes de trabalho. Quando você inicia outra tarefa sem dar o fechamento necessário para a anterior, pode acabar deixando pendências pelo caminho e isso poderá gerar uma sensação de que não está dando conta de tudo;

• Por fim, seja realista. Não inclua atividades que você sabe de antemão que não poderá cumprir dentro do prazo estabelecido. Aprenda a trabalhar dentro de seus limites.
Em resumo, investindo no planejamento, você verá que é possível concluir suas tarefas sem precisar de um dia com 36 horas.

Comentários

Deixe o seu comentário