Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Não gosto de algumas atividades da minha rotina. O que fazer?

Publicado por:
31 out

imagem12

Estou satisfeito com meu trabalho, mas não gosto de algumas atividades necessárias na minha rotina. Como lidar com isso?

O primeiro passo é entender que é inevitável: ao longo da vida, sempre vamos nos deparar com algumas atividades e obrigações das quais não gostamos ou não nos identificamos, seja no âmbito profissional ou pessoal. A crença de que é possível estar feliz e satisfeito em tempo integral pode ser uma grande armadilha para o sucesso.

Na rotina de trabalho, compreender que não é possível fazer só aquilo que gosta é fundamental para conseguir lidar melhor com os momentos mais cansativos e pouco “glamourosos” da atividade que desempenha. Nesse caminho, é preciso ter maturidade para entender que isso faz parte de qualquer situação profissional e não deixar que essa insatisfação acabe atrapalhando seu desempenho.

Para ajudar a lidar melhor com esse sentimento, seguem algumas dicas:

1. Procure entender a importância dessa atividade da qual não gosta para o bom desempenho do seu trabalho. Se ela tem que ser feita, é porque alguma relevância tem;

2. Faça uma autocrítica. Você está prejudicando seu desempenho por causa dessa atividade da qual não gosta e não se dedica? Por exemplo, estão acontecendo atrasos, falta de retorno ou falhas por causa dessa insatisfação?

3. Não idealize demais. Pense que todo mundo tem alguma coisa que não gosta de fazer, mas que precisa realizar mesmo assim. A diferença pode estar na forma como cada um lida com isso. Então, encare a realidade e não fiquei se queixando o tempo todo.

Por fim, procure entender que mesmo se você mudar de trabalho ou carreira, sempre vai existir alguma coisa que não vai te agradar 100%. Isso acontece inclusive com aqueles que são apaixonados pelo que fazem. Mas se você só focar no que é ruim, nunca ficará satisfeito.

Comentários

Deixe o seu comentário