Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

As principais atribuições de um gestor

Publicado por:
06 jun

03.21

Ao serem convidados para exercer funções gerenciais, muitos profissionais aceitam motivados pelo incremento salarial, porém com pouca clareza sobre o que realmente significa ser gestor e sem analisar as exigências e os desafios da nova função. Quando isso acontece, não é raro ver os novos gestores se queixarem das atividades e explicitarem que lidar com pessoas é um problema.

A questão está no fato da escolha ser definida em função de competências técnicas. Os novos gestores se deparam com essa oportunidade por conta de suas habilidades técnicas no manejo das atividades do dia a dia. Apesar de valorizadas na rotina da empresa, esse domínio da técnica, por si só, não é suficiente para o desenvolvimento do cargo de gestor. Na liderança, o profissional precisa ter habilidades para conduzir a equipe, administrar conflitos e resistências, coordenar os processos de trabalho do grupo – não somente o dele, e produzir resultados.

É nessa hora que parte das pessoas que assumem a gestão sentem-se pouco preparadas, ou seja, quando compreendem que os resultados só acontecerão com as pessoas mobilizadas e as atividades sendo conduzidas para um objetivo comum.

Por este motivo, antes de assumir uma função gerencial, é recomendável cautela e reflexão. Entender os desafios que estão em questão e compreender o seu papel diante destes desafios. É uma decisão difícil, pois em geral, é um caminho sem volta, pelo menos considerando a mesma empresa. Ao mesmo tempo, quando o profissional não se sentir preparado, mas acreditar que tem potencial para o cargo, a orientação é para que não desista, afinal, é possível investir no desenvolvimento das competências necessárias à função.

Comentários

Deixe o seu comentário