Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

O ano começou e as despesas extras também. Como me organizar?

Publicado por:
20 jan

033

Matrícula e material escolar, IPTU, IPVA, parcelas dos presentes de Natal. Janeiro sempre chega trazendo muitas despesas extras que pesam no orçamento. E se você ainda não fez seu planejamento financeiro, está mais do que na hora de parar e se organizar.

Para quitar seus débitos sem correr o risco de começar o ano já endividado, a prioridade é analisar cada despesa separadamente e estipular as prioridades. Primeiro, deve-se pagar as taxas obrigatórias como IPTU, IPVA e matrícula escolar dos filhos. Uma boa estratégia é aproveitar os descontos ofertados nos pagamentos à vista. Se a reserva feita não for suficiente para aproveitar os descontos, procure um parcelamento que não implique em juros.

Quando o assunto é material escolar, pegue a lista de tudo o que precisa ser comprado e pesquise preço, pois sempre há diferenças de valores de um local para outro. Nesses casos, o melhor a se fazer é encomendar tudo e parcelar para pagar ao longo do ano. Mas não atrase a quitação dessas parcelas, pois os juros do cartão de crédito são altos e podem prejudicar todo o planejamento. Mas para quem puder arcar com esta despesa à vista, reunir-se com um grupo de pais para que todos façam as compras num mesmo estabelecimento pode garantir um bom desconto.

É importante também organizar os pagamentos fixos que estão programados e avaliar os seus recebimentos. É fundamental fazer, mês a mês, ajustes no orçamento para que caiba dentro da sua remuneração. Despesas extras com viagens ou compras desnecessárias devem ser contidas até que o ano de fato comece. Com essa organização você terá visibilidade sobre sua saúde financeira e tratará as dificuldades com muito mais propriedade.

Comentários

Deixe o seu comentário