Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Crescimento: sem pressa e sem descanso

Publicado por:
06 jun

01.91

Os jovens profissionais, mesmo antes do ingresso no mercado de trabalho, sofrem uma espécie de pressão pelo sucesso, tanto do ambiente familiar quanto do acadêmico. Esse discurso cria um desejo de se obterem bons resultados cada vez mais precocemente.

Mas uma carreira bem-sucedida requer, antes de tudo, o respeito às etapas do processo de maturação do profissional. É preciso viver cada uma delas no tempo certo e saber controlar a ansiedade. Não adianta queimar etapas: existem competências que só a experiência — ou seja, o conhecimento que se adquire através da prática — pode garantir aos profissionais.

O crescimento profissional pode até ocorrer precocemente, mas muitas vezes isso representa uma armadilha para o jovem. Por mais que ele tenha conhecimento técnico para assumir determinadas responsabilidades, haverá situações de oportunidades ou de ameaças em que só a experiência poderá apontar boas soluções, e, nesses casos, o despreparo pode causar problemas tanto para o profissional quanto para a organização.

Outro ponto importante com que se deve ter cautela é a ambição. Em excesso, ela pode gerar práticas pouco saudáveis, como o famoso “crescer a qualquer custo”. Essa postura geralmente traz consequências muito negativas. Se os resultados pessoais passam a interessar mais que os da equipe, significa que algo está errado: isso revela individualismo excessivo, e o profissional pode passar a ser visto como um problema para a organização.

Portanto, na hora de conquistar o seu espaço, lembre-se: respeitar o tempo do processo é fundamental. É normal errar, mas os erros devem servir de aprendizado. Tenha cuidado na hora de assumir responsabilidades, evitando aquelas para as quais você não está preparado. Não se deixe envaidecer por propostas sedutoras: avalie-as com cuidado e peça orientação sempre que necessário. Para crescer profissionalmente, nada melhor que respeitar o ritmo natural do aprendizado: sem pressa e sem descanso.

Comentários

Deixe o seu comentário