Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Equilíbrio é essencial no exercício da gestão

Publicado por:
19 nov

10.0lideranca

Acabei de assumir um cargo de liderança e a grande quantidade de processos, a pressão e cobrança constante por resultados e os conflitos que preciso mediar estão me tirando o sono. É possível equilibrar as demandas de um cargo de gestão para não sucumbir ao estresse?

Segundo uma pesquisa realizada pela Forbes, a profissão de gerente está entre as dez mais estressantes de todas. Isso porque, além de ter que resolver questões burocráticas e administrativas, o gestor precisa ainda lidar com a mais complexa das funções: gerenciar pessoas.

Ou seja, delegar tarefas, dar feedbacks, ouvir reclamações e propor soluções. Realmente, dar conta disso tudo sem acabar com os nervos à flor da pele não é fácil e pode assustar quem está começando, mas não é impossível. Confira algumas dicas:

1 – Saiba estabelecer limites para o que pode realizar ou decidir enquanto líder. Nem tudo poderá ser resolvido por você e isso não é o fim do mundo;

2 – Ouça a equipe, deixe que ela se posicione, mas administre as demandas ou reinvindicações de acordo com os interesses da empresa. Para isso, é preciso saber mediar;

3 – Mobilize as pessoas para que elas conheçam e trabalhem alinhadas com o projeto coletivo da empresa. Cada empregado deve entender seu papel dentro da organização para que os processos fluam sem muitos percalços e os objetivos sejam concretizados;

4 – Não esqueça de cuidar de si mesmo. Administre o estresse, as expectativas, as frustrações e cuide da saúde e alimentação, pois há um grande risco de adoecimento quando não há esse equilíbrio.

De modo geral, um líder não conseguirá se manter são por muito tempo se não souber equilibrar suas demandas e dar escape ao estresse. Neste caminho, vale buscar alguma atividade que traga relaxamento para o corpo e a mente – meditação ou exercício físico, por exemplo.

Também é importante criar hábitos que possam ser colocados em prática durante o expediente, quando a ansiedade apertar. Pode ser uma pausa para um chá, um alongamento ou alguns minutos passados ao ar livre. O importante é não deixar o estresse assumir o controle da situação ou te paralisar.

Comentários

Deixe o seu comentário