Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

A importância de se posicionar com embasamento

Publicado por:
08 out

9.0 geracaoY

A vida moderna é exigente e, diante da correria do dia a dia, com as responsabilidades do trabalho e da vida pessoal, acabamos reservando pouco tempo para nos atualizar e entender os acontecimentos do mundo. Porém, principalmente agora, diante da massiva disseminação das fake news, o cuidado para só se posicionar com embasamento e conteúdo deve ser redobrado.

Hoje, em qualquer conversa, seja no âmbito pessoal ou profissional, nos deparamos com “especialistas” em política, direito, economia, saúde, educação, etc, mesmo sem nunca terem estudado esses temas. São pessoas que acham que só lendo manchetes ou acompanhando discussões nas redes sociais estarão aptos a discutir e formar opinião sobre esses fatos.

No entanto, quem entra numa discussão ou se posiciona sobre um assunto do qual não tem conhecimento, corre o risco de se expor de forma negativa ou tomar partidos errados. Além disso, pode até estar prestando um desserviço à sociedade, ajudando a disseminar informações que não condizem com realidade.

Por isso, é preciso achar tempo na correria diária para se aprofundar mais um pouco nas questões antes de tomar posições, buscando se informar com quem produz informação com credibilidade e raciocinando para tirar as próprias conclusões. Afinal, não somos meros repetidores, mas seres pensantes que devem fazer uso dessa qualidade.

E isso não quer dizer que devemos nos privar de dar nossas opiniões, afinal, seja na vida pessoal ou na profissional, quem se posiciona se diferencia, pois mostra capacidade de raciocínio crítico e bagagem cultural. Mas o posicionamento deve vir sempre acompanhado de embasamento, do contrário, pode diferenciar a pessoa negativamente.

Comentários

Deixe o seu comentário