Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Os riscos do crescimento sem planejamento

Publicado por:
27 jun

06.6 desistir

Ver a sua empresa crescendo e dando resultados cada vez maiores é o sonho de todo empresário. Entretanto, até mesmo algo positivo como um grande contrato assinado ou o fechamento de uma venda expressiva pode se transformar em pesadelo caso não haja planejamento e “pé no chão”.

Não é incomum vermos empresas tomando decisões ou aceitando grandes contratos sem antes olhar para dentro. Elas são mobilizadas pela vontade de aproveitar as oportunidades e pelo desejo de crescer, porém, esquecem de fazer uma análise crítica dos impactos financeiros e estruturais que esse crescimento pode trazer.

Prever os custos com as novas demandas de trabalho, se vai precisar contratar mais mão de obra ou se precisará adquirir mais matéria prima e equipamentos, e se tem recursos financeiros suficientes são bons exemplos. Esses são pontos básicos que precisam ser avaliados quando se pensa em “crescimento planejado”.

A experiência mostra que ascender de forma desordenada e sem um bom plano a ser seguido pode não ser sustentável considerando o médio e longo prazo. É essencial pensar racionalmente e ser realista para não correr o risco de dar um passo maior do que as pernas.

Quando se “paga pra ver” sem antes realizar algumas análises, pode-se estar optando por correr um risco fatal ao negócio. E o que é oportunidade, transforma-se numa ameaça.

Comentários

Deixe o seu comentário