Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Ano novo: época de renovar as esperanças sem perder a cautela

Publicado por:
03 jan

04.3

Muito tem se falado sobre um movimento de retomada na economia brasileira e numa tendência de melhora em 2017. São perspectivas que renovam as esperanças no ano novo que está por vir, principalmente após um período muito difícil de recessão. Entretanto, para o mercado de trabalho, o momento ainda será delicado, a retomada do crescimento não vai significar ainda um aumento expressivo do número de empregos.

Apesar da visão otimista de um cenário melhor na economia a partir do próximo ano, essa melhora ainda deve demorar a chegar ao mercado de trabalho. O fato é que, com a crise, algumas empresas “fizeram seu dever de casa” e enxugaram seus custos, principalmente reduzindo o quadro de pessoal.

Perceberam que são capazes de fazer mais com menos, sem perder em desempenho. Isso significa que, em muitos casos, o que foi reduzido não deve voltar tão cedo. É por isso que a recomendação permanece a mesma, seja no âmbito pessoal como no profissional: cautela.

Na parte pessoal, é essencial continuar investindo na reserva financeira para ter um fundo de emergência caso aconteça algum imprevisto. Vale também conversar com a família e procurar manter a austeridade com os gastos e evitar assumir despesas fixas muito altas. Na ordem profissional, deve-se pensar que 2017 ainda não é um bom ano para apostar em mudanças radicais. Os cuidados para manter o seu emprego atual devem ser mantidos e muito cuidado se decidir “trocar o certo pelo duvidoso”.

O ano de 2017 será mesmo mais promissor. Finalmente, as coisas estão caminhando para melhor. Porém, como os danos foram profundos, o país vai se reerguer lentamente. Então, precisamos ter paciência e cautela e manter a austeridade para irmos na direção de um Feliz Ano Novo.

Comentários

Deixe o seu comentário