Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Cuidado com as apresentações e palestras

Publicado por:
22 nov

7.5trainees

Fui convidado para fazer uma apresentação para um grupo de profissionais com experiências e conhecimentos sobre o tema bem heterogêneos. Como faço para me sair bem?

Existem alguns cuidados que devem ser tomados quando se é convidado para falar em público, especialmente quando se trata de palestras e apresentações. Muitas vezes, apresentações longas e cheias de jargões colocam em risco o aprendizado, tornam-se cansativas e pouco interessantes.

Por nem todo mundo compreender uma linguagem mais rebuscada ou acadêmica, com muitos termos técnicos, acaba-se criando uma distância entre o apresentador e o seu público. Quem passa por situações como essa, fica com a impressão de que o palestrante queria só “esbanjar” teoria e não promover a troca de conhecimentos e experiências.

Antes de montar qualquer apresentação, o palestrante precisa saber não só a razão do trabalho e quanto tempo terá para sua exposição, mas também quem será o seu espectador. Fazer um levantamento do perfil do seu público (gênero predominante, grau de instrução, área de atuação, interesses e dúvidas sobre o tema, etc) e usar essas informações como base para a montagem da sequência lógica do trabalho é fator crítico de sucesso. O desafio do palestrante será deixar de fora da apresentação conteúdos que considera importante mostrar, mas que não são viáveis, seja por conta do perfil do público ou da limitação de tempo.

Outra dica para o apresentador é interagir com os espectadores, perguntar sobre possíveis dúvidas que surgirem ao longo da palestra, estimular questionamentos e reflexões. Para isso, é preciso estar preparado para ouvir opiniões diferentes, não responder provocações nem querer vencer a discussão.

O palestrante precisará respeitar as contribuições e fazer as ponderações que considerar importantes. Não colocar em risco o vínculo com os demais espectadores é o que faz diferença no processo de troca de conhecimentos e experiências.

Comentários

Deixe o seu comentário