Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

A empresa está investindo em mim. Como devo agir?

Publicado por:
15 nov

04.21

A empresa em que trabalho decidiu fazer um investimento no meu desenvolvimento profissional. Qual deve ser a minha atitude diante dessa oportunidade, que pode ser um curso, seminário, congresso ou feira?

Quando a empresa decide capacitar um profissional, pode estar sinalizando duas coisas: (1) que a organização vislumbra para ele posições mais estratégicas; ou (2) que o profissional precisa atualizar seus conhecimentos e aperfeiçoar o seu desempenho.

De uma forma ou de outra, esse investimento significa uma aposta da empresa no profissional e a busca por melhores resultados. Mas, por ser uma aposta, não tem como garantir que os resultados vão de fato melhorar ou mesmo que o empregado não se interesse por outras oportunidades no mercado de trabalho.

Mesmo diante das incertezas, muitas empresas optam por correr o risco e não se arrependem. Em contrapartida, despertam nas pessoas a vontade de retribuir o investimento realizado. E como os profissionais podem aproveitar essa oportunidade da melhor forma?

Primeiro, é importante conhecer a motivação que levou a empresa a investir e saber quais mudanças e melhorias no seu desempenho estão sendo esperadas. Vale também combinar as condições necessárias para que os resultados sejam atingidos. Nessa hora, cabe negociar um apoio por parte da empresa, garantindo que o profissional possa participar das aulas, por exemplo. É também a vez da empresa acertar a sua contrapartida em relação ao empregado, que pode contemplar questões financeiras ou não.

Seja como for a negociação, os resultados esperados precisam ser possíveis e a contrapartida vale a pena. Nesse jogo, empresa e profissional precisam ganhar em competência, desempenho e resultados. Quem investe em conhecimento dificilmente se arrepende.

Comentários

Deixe o seu comentário