Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Resolvi montar um negócio com meu amigo. Quais cuidados tomar?

Publicado por:
01 set

03.111

Resolvi montar um negócio com um amigo de infância. Mas quais cuidados devo tomar para manter a amizade e prosperar?

A escolha de um amigo para formar uma sociedade pode ser uma vantagem porque já existem afinidades construídas. Além disso, é possível que provavelmente os envolvidos já se conheçam bastante para ver se os estilos combinam. Mas isso não exime da necessidade de tomar algumas precauções.

Em primeiro lugar, é importante ver se os valores e a disposição para o trabalho são convergentes. Muitas vezes, um ponto de conflito é exatamente a diferença de ritmos para desenvolver e se dedicar ao negócio.

Um erro comum nesses casos é “esquecer” de formalizar o contrato societário achando que a amizade será suficiente para resolver divergências inerentes a qualquer relação de trabalho. O correto é ter contrato e pacto societário claros e formalizados, para preservar o negócio e até mesmo a amizade.

Outro ponto importante é definir os papéis e as responsabilidades de cada um, inclusive aproveitando ao máximo as competências individuais para ter sucesso. Alinhar diretrizes para o negócio também é fundamental. Outra dica é cuidar do papel de cada sócio também na gestão interna, orientando a equipe e organizando sua área de atuação.

Por fim, cuidar do caixa, acompanhar resultados e focar na estratégia precisam ser ações regulares e responsabilidade de ambos os sócios.

Comentários

Deixe o seu comentário