Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

É possível deixar de ficar endividado?

Publicado por:
23 fev

01.3 1

É comum vermos profissionais vivendo em uma bola de neve de endividamento. Facilidade de crédito, parcelamentos a longo prazo e o constante aumento de taxas e juros acabam levando as pessoas a comprometerem suas rendas além do limite. No entanto, com organização e pé no chão é possível sair do vermelho.

Em primeiro lugar, é essencial estabelecer uma relação entre os gastos e o salário. Monte uma planilha com sua renda total e as despesas do mês, desde as contas mensais até pequenas despesas como padaria, farmácia, etc. Visualizando essa planilha, faça uma reorganização dos gastos, elegendo as despesas essenciais e aquelas que podem ser cortadas ou reduzidas. Quanto às dívidas, verifique se podem ser negociadas e analise quais as melhores condições de juros.

Para gastar menos e conseguir economizar dinheiro, faça uma programação diária de despesas e evite andar sempre com todos os cartões de crédito. Saia apenas com o valor que planeja utilizar para cumprir o planejamento do dia. Desta forma, você evita cair em tentações, principalmente se você tiver dificuldades em se controlar quando o assunto é consumo.

Tenha como rotina a criação de listas. Por exemplo, antes de ir ao supermercado, escreva todos os produtos que você precisa comprar e enumere por prioridades. Desta forma, você evita adquirir itens supérfluos que só irão encarecer o valor da feira.

Por fim, lembre-se que existem três perguntas que devem ser feitas antes de fazer qualquer compra: Eu quero? Eu preciso? Eu posso? Se alguma dessas questões recebeu um “não” como resposta, espere para comprar em outra ocasião.

Comentários

Deixe o seu comentário