Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Se eu não acompanhar, nada acontece

Publicado por:
27 out

7.0estagio trainee

Quem nunca teve o sentimento de que delegou uma tarefa e ela não aconteceu? Uma das razões para isso acontecer é o fato de que muitos gestores não acompanham as etapas de execução. Então o que fazer para evitar os atrasos e tornar a equipe mais produtiva?

Sempre que for delegar uma tarefa, isso deve ser feito pessoalmente, e não por e-mail ou mensagem, por exemplo. Assim, é possível solucionar eventuais dúvidas de imediato, sem problemas de comunicação. Reserve um tempo para explicar os resultados esperados. Mais importante que dizer como fazer, é dizer o que quer ao final do trabalho.

Verifique se a pessoa entendeu o que você queria. Pergunte! Mas não adianta questionar apenas com um “Você entendeu?” A maioria das pessoas balança a cabeça afirmativamente. O melhor é perguntar – “O que você entendeu sobre a tarefa? Quais as suas dúvidas?”. Isso minimiza o risco de desencontro entre resultado pretendido e o apresentado pelo profissional.

Não basta esperar que sua equipe traga até você o andamento de cada projeto. Procure estabelecer datas para acompanhar a execução antes do prazo final. Assim, você garante a correção de rumos, caso seja necessária. E procure não se irritar se a pessoa tiver dúvidas ao longo da execução. Pessoas intimidadas dificilmente irão perguntar e tendem a cometer mais erros.

Lembre-se que delegar é diferente de “delargar”. O acompanhamento é sempre necessário e cria nas equipes um sentido de organização. Com o tempo, os “delegados” terão uma cultura de execução profissional de projetos com maior autonomia.

Comentários

Deixe o seu comentário