Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Como se portar depois de uma demissão em massa?

Publicado por:
21 maio

06.6 desistir

Demissões em massa nunca são fáceis de lidar, nem para os que são demitidos e nem para os profissionais que ficam na empresa. É inevitável que o clima no ambiente de trabalho fique pesado em situações como esta, mas é preciso ficar atento para não se deixar contaminar pelo pessimismo.

Em tempos de cortes no orçamento, é muito comum que as empresas diminuam suas equipes. Diante da crise econômica que o Brasil está passando, essa prática voltou a ser vista com mais frequência. Essa não é a primeira opção da maioria das empresas, mas muitas vezes não há alternativa para a manutenção no negócio, e os gestores acabam tendo que optar por ela.

Para os que saem, é um momento difícil. Ainda mais quando acontece de repente, sem aviso prévio e nem sinal. Mas também não é fácil para quem fica na empresa. O clima é naturalmente afetado e a tensão é instaurada, mesmo quando as lideranças são cuidadosas na comunicação. Entretanto, para o profissional que ficou, é imprescindível não se deixar contaminar pela onda de pessimismo trazida por uma demissão em massa.

Primeiramente, é necessário estar atento ao contexto e avaliar como se pode contribuir para o momento que a empresa está vivendo. Ficar atento aos custos que seus projetos geram também é importante, pois se deve evitar desperdícios. Fazer seu trabalho e manter a articulação com os colegas da equipe é primordial, pois a boa comunicação é um fator indispensável nesse momento.

O foco nas realizações também é fundamental para manter a motivação. Nunca deixe de fazer seu planejamento semanal e diário. E se, em algum momento, você sentir que está cabisbaixo, conversar com um colega que está vivenciando a mesma situação pode ajudar. Ele provavelmente se sente igual a você e vai entender seus sentimentos. Procure ter uma atitude positiva e, depois do desabafo, lembrar que manter o humor é tão importante quanto produzir com qualidade.

E nada de derrotismo! Se lhe mantiveram na empresa, é porque seu trabalho é necessário e você é um profissional competente. Em momentos de dificuldades, manter a roda girando é fundamental para o negócio, para a equipe e para você.

Comentários

Deixe o seu comentário