Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

É mesmo urgente?

Publicado por:
29 jul

02.2 (3)

Quem nunca se sentiu “soterrado” pelas demandas do dia a dia que atire a primeira pedra. Cada vez mais, é comum vermos muitas pessoas se queixando de não conseguir dar conta das demandas do trabalho, de casa e da família. Mas o que deve ser feito para lidar da melhor forma com essa pressão?

Organizar o dia é fundamental, mas se você não souber negar alguns pedidos, todo o planejamento vai por água abaixo. Quando o gestor pede algo de última hora, ou quando você recebe a missão de “apagar um incêndio”, é fundamental ter estratégias para lidar com isso.

Um assunto urgente, geralmente, é algo que era importante, mas que não foi cuidado a tempo. Portanto, depois de resolvido o problema, procure analisar as razões da demanda da última hora e se há alternativas para minimizar a chance de acontecer novamente.

Mantenha o foco no que é estratégico e importante para a empresa. E pergunte se aquela demanda não pode ficar para mais tarde. Renegocie prazos e não se deixe levar pela “Síndrome do Super-Homem”, tendência de assumir mais responsabilidades do que é possível cumprir.

Lembre-se de que seu dia continua com 24 horas, apesar da quantidade crescente de trabalho. Não tente controlar e participar de tudo, pois colocar algo novo na agenda de compromissos requer que outras coisas sejam deixadas para depois.

Saber lidar com as demandas urgentes é mais uma das habilidades fundamentais do profissional. Desenvolver essa capacidade é cada vez mais importante.

Comentários

Deixe o seu comentário