Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Pressa: inimiga da formação Sucesso profissional: três verbos essenciais

Publicado por:
16 maio

01.71

Sucesso profissional é um tema constantemente discutido e presente. Mesmo assim, os jovens sempre têm dúvidas, que em geral não são solucionadas com uma resposta única ou receita mágica. O que fazer para ser um profissional bem-sucedido e que tipo de profissional o mercado de trabalho procura são algumas das perguntas mais frequentes.

A primeira coisa que precisa ficar clara é que, sem dedicação e trabalho constante, não se alcança o tão almejado sucesso. Ser bem-sucedido depende de uma equação bem resolvida entre os verbos querer, conhecer e fazer.

O primeiro verbo, querer, significa aqui vontade firme e persistência na busca de fazer o que se gosta. Porém, nem sempre é possível fazer aquilo de que você gosta ou com que se identifica. Nesses casos, é imprescindível aprender a gostar do que se faz. Sem a vontade, sem o querer, não há estímulo nem paixão. E isso pode prejudicar a atividade realizada. Todos sabem que fazer algo com vontade e com paixão leva quase sempre a resultados e a êxitos.

É através do verbo querer que se chega ao conhecimento e à realização de seus projetos. Ou seja, os três verbos estão estritamente ligados. O verbo conhecer, naturalmente, diz respeito ao conhecimento que se tem sobre determinado assunto, às experiências e às suas habilidades para utilizar esses conhecimentos e essas experiências.

Quanto ao verbo fazer, é importante enfatizar que não basta fazer com paixão e com conhecimento, é preciso, também, ter educação, ética e, principalmente, estar atento às diretrizes da empresa em que você trabalha.

Os verbos querer, conhecer e fazer sintetizam todo o espírito de uma carreira profissional. Sem eles, não se chega a lugar algum. Eles formam uma sequência lógica para quem busca o êxito. Aprenda a harmonizá-los e vá em frente!

Comentários

Deixe o seu comentário