Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Como monitorar os resultados no home office?

Publicado por:
12 nov

02.2 (3)

O aumento da adesão ao trabalho remoto trouxe para as empresas um novo desafio: o de monitorar suas equipes à distância. Para isso, algumas organizações implantaram ferramentas de controle para facilitar o gerenciamento da produtividade das suas equipes. Mas será que esse é realmente o melhor caminho?

De fato, monitorar o andamento do trabalho e desempenho dos profissionais é algo que não pode ser deixado de lado com o home office, mas que também não deve ter um contexto de fiscalização. Isso porque a fiscalização tem uma conotação de vigiar e isso gera uma relação pouco produtiva. Quando existe uma vigilância excessiva, pode gerar um desgaste nas relações, além de uma sensação de medo e falta de confiança por quem está sendo fiscalizado.

É preciso entender que o home office traz uma dinâmica diferente de trabalho. Não dá para exigir que o empregado esteja em frente ao computador em horário comercial, sem uma hora a mais ou a menos. O que deve, de fato, ser avaliado são os prazos cumpridos, o entendimento da tarefa, a qualidade das entregas e as evidências de comprometimento do profissional com os resultados da empresa.

E para garantir que a produtividade fique em dia mesmo com o trabalho remoto, o acompanhamento do gestor é fundamental. Ele deve estar próximo da equipe, estabelecendo canais de comunicação, com abertura para orientar e acompanhar as atividades, tirar dúvidas, ouvir críticas e sugestões, dar feedback contínuo, além de fornecer as condições necessárias para que as entregas aconteçam.

Não é fazer uma caça aos erros ou aos culpados. Os gestores precisam estar próximos, acompanhar as atividades e o desempenho, mas acima de tudo, estabelecer relações de confiança e autonomia com suas equipes para tornar o home office realmente efetivo e sustentável.

Comentários

Deixe o seu comentário