Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

O RH estratégico e suas diretrizes

Publicado por:
18 set

9.31

Fatores essenciais para a competitividade das empresas como ter equipes estáveis, produtivas e engajadas com os propósitos e valores institucionais reforçam a importância de se ter um RH Estratégico. Mas o que define, de fato, um RH Estratégico? Nesta série, abordaremos as diretrizes que caracterizam esta prática.

O principal foco do RH estratégico é promover a conquista dos resultados esperados pela organização, colocando suas competências a serviço de fazer com que as lideranças atuem como bons gestores de pessoas, desenvolvendo um modelo de gestão em que os empregados sejam respeitados, cuidados, estimulados e reconhecidos por seus gerentes, e consequentemente, pela empresa. Os profissionais de RH e os gestores têm papeis complementares na gestão de pessoas. E, por isso, a prática do RH estratégico é uma parceria permanente entre os profissionais de RH e os gestores de pessoas, cada um ocupando o seu lugar e exercendo suas responsabilidades.

Uma gestão integrada de RH pode ser caracterizada por cinco diretrizes: a promoção da integração, a convergência de objetivos, a gestão por valores, a gestão por competências e a gestão por resultados. A primeira das exigências para a implantação de um RH estratégico diz respeito à Promoção da Integração – dos processos de RH entre si e entre os programas de RH e as práticas gerenciais.

No âmbito das atividades, são de fundamental importância o alinhamento dos processos e a constante articulação, para gerar efeitos mais consistentes. E a integração entre a política de RH e as práticas gerenciais se faz no cotidiano: nas ações, nos posicionamentos e nas atitudes dos gestores, seja qual for o nível de hierarquia. Significa que todos devem ter um discurso único, que expresse os valores, princípios e diretrizes da empresa e que, ao mesmo tempo, concretizem as referências dos programas estabelecidos pelo RH.

Outra dimensão da integração diz respeito à qualidade do relacionamento entre as pessoas e as áreas da empresa, visando criar e consolidar um senso de identidade coletiva e pertencimento, a partir de uma cultura organizacional que preze pela tolerância e convivência com a diversidade, inerente a qualquer organização.

Comentários

Deixe o seu comentário