Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Cuidado com as práticas contrárias aos seus valores éticos

Publicado por:
05 abr

03.101

Em algum momento da carreira, o profissional pode se deparar com situações que parecem ser “atrativas” em um primeiro momento, mas que de alguma forma vão de encontro aos seus valores éticos e morais. Porém, é preciso atenção para não colocar em risco sua própria imagem e carreira a troco de um benefício imediato.

Para evitar situações como esta, antes de decidir por aceitar uma oportunidade em uma empresa, o profissional deve conhecer a cultura organizacional, sua reputação, suas práticas no mercado e avaliar se são compatíveis com as suas próprias crenças e valores. Isso porque muita coisa pode ser flexibilizada e ajustada, mas quando se trata de valores profissionais, dificilmente é possível encontrar um meio termo.

No entanto, mesmo fazendo essa análise prévia, no decorrer da carreira dentro de uma organização, podem surgir situações em que o profissional será solicitado a fazer alguma tratativa com a qual não concorde ou que fira seus valores éticos profissionais. Mas o que fazer diante desse caso?

Muitos profissionais que se deparam com uma situação como esta optam por sair da empresa quando não concordam com as práticas utilizadas, principalmente se ele próprio tiver que colaborar com elas. De fato, se você não compactua com o modelo de atuação da empresa ou do seu gestor, são poucas as opções que restam além do pedido de desligamento. Porém, é válido tentar influenciar para que as práticas sejam modificadas, antes de tomar uma decisão definitiva.

O importante é ficar atento e não entrar em situações que podem ferir os seus valores e princípios morais. Um deslize dessa natureza pode importunar sua consciência e até a sua carreira por muito tempo. Por isso, toda atenção é pouca!

Comentários

Deixe o seu comentário