Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

A importância de integrar as diferentes gerações nas empresas

Publicado por:
20 fev

03.21

Historicamente, no dia a dia das empresas, os profissionais mais experientes ocupam o lugar de mentores ou tutores e orientam os mais novos no desenvolvimento das suas carreiras. Hoje, com o avanço e surgimento de novas tecnologias e com a chegada da Geração Y ao mercado de trabalho, em algumas situações os papéis podem se inverter e os mais jovens passam também a orientar os mais velhos em sua rotina. O desafio das empresas é criar um ambiente onde a experiência dos mais velhos e a inovação dos mais novos encontrem um equilíbrio para produzir os melhores resultados.

A diversidade de profissionais de diferentes gerações tende a trazer ganhos para as organizações, e os conflitos de ideias e visões de mundo devem ser encarados como desafios a serem superados. Os valores e comportamentos dos profissionais mais jovens podem, muitas vezes, contrastar com os das gerações anteriores, que naturalmente têm métodos e linguagens também diferentes. Esse contraste, contudo, não precisa ser visto necessariamente como algo negativo, pelo contrário.

As gerações mais jovens, que costumam ter um perfil mais dinâmico e inovador, podem trazer novas percepções e vivacidade para o grupo. Já os profissionais mais maduros, devido à sua vasta vivência e visão de mundo, oferecem experiência e conhecimento sobre o trabalho e a vida. Neste contexto, cabe aos gestores extraírem o que há de melhor em cada geração e amenizar os conflitos. Mostrar os ganhos dessa troca para empresa e profissionais pode ser um bom caminho.

A figura do sênior, neste contexto, não perde seu espaço importante na tutoria e mentoria dos mais jovens. Devido à inquietude e à ansiedade em conquistar espaço e buscar crescer profissionalmente em curto prazo, as gerações mais recentes correm o risco de se precipitar, tomando atitudes que prejudiquem a sua carreira. Por isso, eles podem se beneficiar com a orientação de profissionais mais maduros e experientes. Já o sênior pode se beneficiar do conhecimento dos mais jovens, principalmente quando se trata de questões relacionadas à tecnologia, redes sociais, comunicação e novidades de mercado.

Se cada um pensar em trabalhar em equipe, prezando pela comunicação frequente e efetiva, com foco nos objetivos da organização, o ambiente corporativo tende a ser mais saudável e motivador para todos. Afinal, todas as gerações têm qualidades que podem e devem ser aproveitadas pelas organizações e que ajudam a desenvolver ambientes mais produtivos e inovadores. A partir daí, o desafio da gestão de pessoas é criar um clima de respeito e aprendizagem mútua, objetivando o desempenho e desenvolvimento de todos da equipe.

Comentários

Deixe o seu comentário