Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

As lições da crise para as empresas

Publicado por:
23 jan

04.21

Após um expressivo período de crise econômica severa, o cenário brasileiro está dando sinais de mudança. 2018 está sendo considerado o ano da retomada dos negócios para os empresários e alguns ensinamento dessa experiência continuarão valendo para o cenário de futuro promissor.

Para os empresários, há muitas lições a tirar desse período difícil. A primeira delas é que a gestão nos tempos de boa saúde financeira deve sempre levar em conta a possibilidade real de vir adiante um período de vacas magras. Neste sentido, ficou ainda mais claro que ter um gerenciamento orçamentário é fundamental. As empresas que investem na elaboração de um orçamento anual e o seguem corretamente, conseguem ter uma visão mais clara do futuro, têm um controle melhor dos gastos e evitam desperdícios.

Outra lição trazida pela crise foi a necessidade de aproveitar bem os recursos que já existem na empresa. E mesmo com a melhoria do cenário, não se deve perder a prática de avaliar com rigor a real necessidade de aumentar as despesas com novas contratações. Afinal, já se sabe que equipes enxutas, mas comprometidas e capacitadas podem ser tão ou mais produtivas do que aquelas com um grande número de integrantes. Mesmo com o reaquecimento do mercado, é preciso distribuir bem as responsabilidades e manter a otimização dos gastos.

Também na crise foi necessário ter ainda mais atenção à gestão de pessoas para manter as entregas em dia e conseguir estar preparado no momento da retomada econômica. Investir no desenvolvimento da equipe e na manutenção de um bom clima de trabalho exigiu que os gestores tivessem que estar mais próximos dos seus profissionais e isso deve ser preservado como mais uma boa lição.

Por fim, os empresários que conseguiram se manter competitivos na crise aprenderam que, mesmo em momentos de retenção financeira, é preciso ter tranquilidade para pensar no futuro e investir no que é importante.

Comentários

Deixe o seu comentário