Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Passar de estagiário para efetivado exige cuidados

Publicado por:
14 set

03.61

Por causa do meu bom desempenho, passei de estagiário para efetivado mesmo sem ter me formado ainda. Quais cuidados devo tomar para dar conta dessa nova posição?

Para muitos jovens, conseguir a primeira oportunidade no mercado de trabalho como estagiário já é uma grande conquista, mas, na realidade, todos sonham em serem efetivados. Não é incomum acontecer do profissional que se destaca no estágio ser convidado para uma efetivação antes de ter terminado a faculdade, porém, muitos jovens não se dão conta da importância de discutir as mudanças de responsabilidades, tratando a nova posição como continuidade da função anterior.

Por isso, ao passar de estagiário para efetivado, antes de tudo é preciso pactuar com o gestor quais são as expectativas e resultados que a empresa espera com a sua efetivação. Deixar esses pontos bem alinhados é essencial para que, mais adiante, consiga percebe se está entregando o desempenho desejado.

Outro ponto muito importante é a rotina. Quando somos efetivados, as responsabilidades aumentam junto com a carga de trabalho. Lembre-se que, mesmo não sendo mais estagiário, ainda terá que dar conta dos estudos. Procure fazer as mudanças na sua rotina para que consiga conciliar estudo, trabalho, descanso e lazer.

Afinal, não adianta ser efetivado pelo bom desempenho que tinha enquanto estagiário e se acomodar, achando que sua posição está garantida e deixando a desejar nos resultados. É importante fazer a empresa perceber que fez um bom investimento com a sua efetivação.

Comentários

Deixe o seu comentário