Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Pedir ajuda não é defeito

Publicado por:
06 out

03.7

São comuns casos de pessoas que relutam em pedir ajuda quando passam por algum apuro no ambiente de trabalho. Os motivos para essa resistência vão desde receio do chefe até orgulho em exagero. Mas será que pedir ajuda é tão ruim quanto parece?

No geral, os profissionais têm medo de buscar auxílio quando estão com dificuldades, pois pensam que desta forma irão mostrar suas fragilidades ou serão vistos como incompetentes. Isso pode acontecer com os empregados mais antigos, por acharem que precisam saber de tudo devido ao tempo que estão na empresa ou com os mais novos que muitas vezes não sabem se têm espaço para pedir ajuda.

Entretanto, é necessário entender que ter dúvidas não é sinônimo de incapacidade, de que é menos inteligente ou coisa parecida. Ao contrário, ao buscar ajuda, o profissional demonstra que sabe reconhecer suas limitações e que quer aprender e executar seu trabalho satisfatoriamente.

Quando o profissional não reconhece suas dificuldades, ele pode acabar prejudicando sua imagem, pois a probabilidade de entregar projetos com erros ou acabar não cumprindo os prazos será grande. Além disso, ele pode perder a chance de aprender algo novo e aperfeiçoar sua atuação profissional.

Não podemos desconsiderar também que quando os profissionais ajudam uns aos outros, gera-se um clima produtivo na empresa, com mais empatia e solidariedade. É sadio pensar que se hoje eu estou ajudando, amanhã posso vir a precisar.

Comentários

Deixe o seu comentário