Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Fiquei sem babá. Posso levar meu filho para o trabalho?

Publicado por:
04 dez

imagem12

Minha babá faltou e não tenho com quem deixar meu filho. Posso levá-lo para o trabalho?

Nessas situações, cada caso deve ser avaliado individualmente. Consultar as regras da empresa e o gestor antes de tomar uma decisão é fundamental. Às vezes, o medo do chefe não entender é pior do que a realidade. Quando se usa da honestidade, muitas vezes nos surpreendemos com a compreensão dos outros.

Um ponto a ser levado em consideração é se o ambiente é propicio para receber uma criança, sem oferecer riscos a ela ou prejuízos à empresa. Se for um local restrito, a ordem é não levar. É melhor justificar a falta e propor uma maneira de compensar as horas perdidas depois.

Além disso, levar uma criança para o local de trabalho pode atrapalhar o desempenho profissional do (a) pai/mãe. Outra alternativa é, sempre que possível, tentar o home office. Assim, a produtividade não fica prejudicada. Se seu trabalho permitir esse tipo de prática, vale a pena usá-la.

E lembre-se de manter um plano b para essas situações. Babá substituta ou uma creche de confiança podem ser boas opções para deixar o filho sem ter que passar pela angústia dele estar mal assistido ou de ver seu desempenho profissional prejudicado.

Comentários

  • VALDENICE em 29/04/15

    trabalho em laboratorio de analises clinica .trago meu filho.pode?

  • Andrea em 21/08/17

    Minha faxineira sempre quer trazer sua filha de 15 anos junto, pois alega que está em depressão e não pode andar sozinha, mas ela por a filha pra trabalhar, não gosto disso, pois acredito que isso pode me trazer sérios problemas, já pedi para não trazer mais, então ela deixa de vir, mas tenho que confessar ela é uma ótima faxineira. Limpa e passa, faz as coisas como eu gosto, já tentei outras e não deu certo. Se eu deixar, que risco corro?

Deixe o seu comentário