Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

O que fazer e o que não fazer em festas corporativas?

Publicado por:
12 ago

11.2

Empresas que promovem eventos ou festas de confraternização têm como objetivo proporcionar momentos alegres e descontraídos entre os seus clientes e colaboradores, fora do ambiente de trabalho. Mas aí pode morar um problema, já que a palavra “festa”, muitas vezes, pode causar uma empolgação em excesso e, com isso, uma mancha irreparável na imagem do profissional.

Quando se fala em evitar excessos, a maioria das pessoas pensa no “beber demais”. Este é, sim, um grande problema em uma festa corporativa, mas não é o único. Além de ser expressamente proibido beber além da conta, é preciso ter bom senso também com outros exageros: não se deve comer demais, falar muito alto, soltar palavrões ou usar muitas gírias. Tudo isso entra na conta do “passar do ponto”.

Ficar atento ao visual também é importante, vestindo-se sempre de acordo com o tipo e local do evento, sem exageros. Para as mulheres, principalmente, deve-se prestar atenção nas cores, no comprimento e no decote usado, afinal, não é nada legal passar uma imagem vulgar.

Evitar os excessos dos colegas também demonstra comprometimento com a equipe. Ao perceber que alguém próximo está passando dos limites, tente chamá-lo discretamente em algum lugar para mostrar-lhe que está sendo inconveniente, sem humilhá-lo e sem prejudicar a festa.

Comentários

Deixe o seu comentário