Alt + Shift + C ir para o conteúdo Alt + Shift + M ir para o menu Alt + Shift + B ir para a busca Alt + Shift + F ir para o rodapé

Férias e investimento profissional

Publicado por:
19 dez

03.4

Com a chegada do fim do ano, muitos começam a se envolver com a organização das festas e a se preparar para as férias. Mas por que não pensar também em investir na carreira? Seja para o estudante, seja para o profissional, além de tempo para descansar, o momento pode ser uma boa oportunidade para o desenvolvimento e o aprendizado.

Uma boa opção para quem não vai viajar são os cursos de verão, que enriquecem o currículo e a experiência de vida. Dentre eles, estão os de línguas estrangeiras promovidos pelas universidades e que podem render bons frutos para a inserção no mercado de trabalho.

Ainda como opção de relativo baixo custo, as universidades divulgam, em seus sites, uma série de cursos de extensão. Há também cursos técnicos oferecidos por escolas especializadas que fazem, inclusive, promoção para o período de férias. Nesse caso, é possível aliar a folga no horário ao menor custo do investimento para melhor se preparar.

Para aqueles com orçamento mais folgado, há cursos no exterior de curta duração — de quatro a oito semanas — tanto de línguas quanto de conhecimentos mais específicos para cada área de interesse.

Se há o desejo de estudar um tempo fora, mas não houve programação prévia, o ideal é dar uma olhada nas ofertas das agências especializadas, comparar preços, se informar sobre as melhores opções e os requisitos para se inscrever; enfim, se planejar para passar o próximo ano economizando. Fazer uma poupança exclusiva para esse investimento também é recomendável.

Cursos de línguas, de extensão ou intercâmbios, entre outros, mesmo que de curta duração, são experiências enriquecedoras para a vida e ampliam a bagagem cultural. Além disso, preocupar-se com a possibilidade de aproveitar melhor o tempo das férias para crescer profissionalmente mostra, no mínimo, esforço e cuidado com o futuro. E isso certamente será considerado e reconhecido pelas empresas.

Comentários

Deixe o seu comentário